Pilates em caso de Hérnia de Disco

Pilates em caso de Hérnia de Disco

Por Professora Ft. Msd. Milena Dutra

 

A hérnia discal é a herniação do núcleo pulposo através do anel fibroso, constituindo-se como uma das principais causas de dor lombar.

Isto não quer dizer que hérnia só aconteça na lombar, não !!! Você pode ter uma hérnia em qualquer região da sua coluna. Mas a maior incidência desta lesão são nas duas principais curvas lordóticas cervical e lombar. Cervical por apresentar grande mobilidade e lombar por suportar grande sobrecarga.

Quando há uma herniação ocorre uma compressão na medula espinhal diretamente, podendo gerar pouca, nenhuma dor, ou muita dor na distribuição radicular bilateral. Este ultimo quadro acontece quando há o esmagamento da raiz nerosa proximalmente ao canal medular, dor radicular é o sintoma clássico:

- irradiação para perna se a hérnia for  na lombar, ou para o braço se esta for na cervical

- formigamento

- parestesia ( diminuição de sensibilidade)

- perda de força muscular, parecendo que a perna ou o braço esteja ´´bambo´´ sem força ou firmeza.

Sendo que, em muitas vezes, as dores são sentidas em local distantes da herniação do disco. Queridos, quanto pior for estes sintomas maior é a gravidade do problema.

 

A hérnia de disco surge como resultado de diversos pequenos traumas na coluna que vão, com o passar do tempo, lesando as estruturas do disco intervertebral. Estes traumas podem ter origem de:

 

- microlesões por desgastes fisiológicos decorrentes do envelhecimento

 

- atrito articular por esportes, modalidades e atividades repetitivas, principalmente em flexão e rotação de tronco

 

- alterações posturais significantes etc…

 

Quando o núcleo do disco intervertebral migra de seu local, no centro para a periferia, em direção ao canal medular ou nos espaços por onde saem as raízes nervosas, ocorre à compressão das raízes nervosas. Este fato gera uma inflamação local e uma dor claramente demarcada que segue o trajeto da raiz. Além disso sua dor é potencializada pelo desequilíbrio mecânico, mau posicionamento articular vertebral, diminuição do espaço intervertebral e alterações angulares axiais. Assim como, este quadro álgico é ainda mais evidente quando somado a irritabilidade do nervo sinuvertebral que se localiza ao redor do disco intervertebral.

 

Devido a estes fatores devemos:

 

- melhorar e/ou atenuar as alterações posturais como hipercifore, escolioses, hiperlordoses

 

- aumentar os espaços por entre as vértebras, com trações

 

- restaurar a nutrição dos discos ainda preservados, como mobilizações articulares

 

- promover estabilidade articular com exercícios de força.

 

Porém, estes exercícios devem ser traçados contra o padrão de deformidade da alteração angular da coluna, não pode conter flexão de tronco sentado ou em pé, e muito menos associar esta flexão com rotações.

 

Com isso, faça Pilates, os exercícios de fortalecimento do centro do tronco irão ajudar a estabilizar a hérnia, mas cuidado:

 

Não realize TWIST, THE SAW, ROLAMENTOS VERTEBRAIS !!!!

 

CONTRA INDICAÇÃO TOTAL:  flexões e rotações de tronco no eixo axial. Observe as imagens:

Flexão com rotação é dar água para quem esta morrendo afogado !!! Neste caso estes movimentos aumentem a força de compressão e tensão no disco piorando ainda mais a lesão discal.

Se você sente dor nas costas cuide-se, pode ser hérnia:

 

- vá ao ortopedista fazer uma ressonância magnética para que seja possível avaliar os tecidos moles da coluna

- não durma de bruços pois esta postura aumenta a curva da lordose lombar e roda seu pescoço erroneamente podendo causar desconfortos e lesões na sua coluna

- não rode o pescoço ao dirigir para olhar o carro do lado, use o retrovisor

- ao sentar-se se certifique que há apoio lombar e para membros superiores, verifique também se seu quadril e joelhos ficam em 90 graus de flexão com os pés devidamente apoiados no chão

- sente-se ao amarrar os sapatos, traga o seu pé até o tronco, não abaixe e flexione o tronco até o chão com as pernas esticadas. Nunca !!! Se tiver que pegar algo do chão, uma caixa ou o bebê, dobre levemente seus joelhos  contraia o abdomen e faça o movimento.

DOBRAR OS JOELHOS NEUTRALIZA A POSIÇÃO PELVICA E MELHOR DISTRIBUI AS CARGAS NOS DISCOS INTERVERTEBRAIS:

Sua saúde é o seu bem mais precioso, preste atenção nestes acontecimentos diários e lembre destas dicas.

Similar Posts:

Leave a Reply

November 2014
M T W T F S S
« Mar    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930